Moeda Verde conquista prêmio da Fundação BB

Santo André

21/06/2024  

Moeda Verde conquista prêmio da Fundação Banco do Brasil

Programa foi uma das 20 iniciativas  vencedoras de premiação que valoriza tecnologias sociais de todo o Brasil

Santo André ganhou mais um importante reconhecimento com o programa Moeda Verde. Nesta sexta-feira (21), a iniciativa foi uma das vencedoras da 12ª Edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, promovida pela instituição financeira com o intuito de valorizar ações que contribuem para solucionar problemas sociais.

O programa andreense, que combate a  insegurança alimentar e amplia a reciclagem ao permitir que munícipes de comunidades carentes troquem resíduos por hortifrúti, concorreu junto a outras 19 ações de todo o Brasil que foram certificadas e recertificadas como tecnologia social, isto é, reconhecidas por atuarem como soluções efetivas contra a desigualdade social, descriminação, exclusão e problemáticas nas áreas de saúde, habitação, alimentação, recursos hídricos, energia, meio ambiente e educação.

"É com muito orgulho que o Moeda Verde ganha a sua quinta premiação. Com o prêmio da Fundação Banco do Brasil, vamos investir em melhorias para transformar ainda mais a vida da nossa gente", comemora o prefeito Paulo Serra.

A Prefeitura de Santo André e o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) levam R$ 50 mil para aperfeiçoar essa importante política pública que acontece em favelas, conjuntos habitacionais e assentamentos.

"Queremos aproximar os agricultores urbanos, trabalhadores das cooperativas de reciclagem e estudantes de escolas municipais. Hoje, eles não se conectam e não se envolvem na cadeia de reciclagem", explica o superintendente-adjunto do Semasa, Edinilson Ferreira dos Santos, responsável por levar o prêmio para a cidade. 

"A ideia é fortalecer a educação ambiental nas instituições de ensino, tornar os cooperados multiplicadores de práticas sustentáveis e fortalecer a renda dos agricultores urbanos", explica a presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Claudia de Fabris. Em Santo André, um diagnóstico realizado pelo Semasa constatou a existência de mais de 170 hortas.

A premiação ocorreu no encerramento da Semana Nacional de Tecnologia Social, realizada de 17 e 21 de junho, em Brasília. O evento promoveu mesas, debates e exposições das tecnologias sociais e de seus produtos. Nesta sexta-feira, a 12ª Edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social também entregou prêmios de até R$ 500 mil para dez tecnologias sociais. 

Certificacão – Em abril, o programa Moeda Verde foi uma das 87 iniciativas certificadas pela Fundação Banco do Brasil como novas tecnologias sociais, entre 888 programas e projetos de todo o Brasil que foram inscritos.

Com isso, agora o Moeda Verde faz parte do acervo da Plataforma Transforma!, que reúne milhares de programas e projetos.

Top